Além da Superfície
< Voltar para home page

Pré-sal

Entenda o pré-sal e por que ele é um desafio tecnológico e econômico para o país

Entenda o pré-sal e por que ele é um desafio tecnológico e econômico para o país

Entenda o pré-sal e por que ele é um desafio tecnológico e econômico para o país

O pré-sal é um reservatório de petróleo que fica abaixo de uma sequência de rochas sedimentares formadas há mais de 100 milhões de anos que se localiza em águas ultra profundas - até 7 mil metros abaixo da superfície da água, sendo uma dessas rochas exatamente a camada de sal. Suas recentes descobertas estão entre as mais importantes do mundo, colocando o Brasil como um dos três maiores produtores de petróleo na atualidade.

Composto por um óleo leve, de melhor qualidade, o petróleo do pré-sal tem um valor comercial superior, pois gera maior proporção de derivados considerados mais nobres
Mas produzir esse petróleo tão valioso requer grandes investimentos. Isso se dá por conta da maior complexidade da operação, da profundidade em que ele se encontra, o que gera a necessidade de desenvolver novas tecnologias e, claro, de uma grande quantidade de mão de obra altamente qualificada. Todos esses investimentos se traduzem em um grande desafio econômico e tecnológico para o país. É preciso muita pesquisa e desenvolvimento para sermos capazes de atuar em rochas tão profundas.

Investimentos para a produção estão na casa dos bilhões de dólares

A confirmação do potencial do pré-sal brasileiro abriu novas perspectivas para o setor de óleo e gás. Desde então, a produção já supera a marca de 1,7 milhões de barris de óleo equivalente por dia. Para que essa produção seja viável, o pré-sal brasileiro precisa de grandes investimentos e de tecnologias avançadas capazes de superar as camadas de sal e atingir os reservatórios.

Últimas novidades